Família separada pela Covid há mais de dois meses volta a se reunir

Família separada pela Covid há mais de dois meses volta a se reunir

Publicado em 30/05/2020 - Editado em 01/06/2020
Em mais uma saída com aura de vítória, seu Alvari deixou o Hospital Municipal sob aplausos da equipe médica
Crédito
Flávia Rodrigues

Depois de mais de dois meses separada pela Covid-19, uma família de hamburguenses voltou a estar junto na tarde desta sexta-feira, dia 29. O aposentado Alvari Aloísio Kayser, de 62 anos, que estava na UTI do Hospital Municipal ganhou alta e reencontrou a esposa, filhas e netos. Seu Alvari ficou 61 dias internado no Hospital Municipal, sendo 57 dias na UTI. A esposa, a dona de casa Leni Guterres de Carvalho, 65 anos, estava em casa desde o dia 18 de maio, após 58 dias de internação hospitalar, dos quais 53 dias na UTI, também por Covid.

Como no caso da dona Leni, o envolvimento da equipe médica e dos funcionários do Hospital Municipal com seu Alvari também foi bastante emocional. Tanto que a equipe médica fez questão de marcar a alta para às 14 horas, dando oportunidade para as turmas da manhã e tarde do hospital se despedirem do paciente.

Desde o princípio do tratamento a história do casal é recheada de emoção: na segunda quinzena de março, dona Leni ficou doente de Covid e foi internada na UTI. Alguns dias depois, o marido baixou na UTI, mas a esposa não sabia e ambos ficaram em leitos lado a lado na UTI sem que ela soubesse. Dona Leni só soube da internação do marido na semana anterior a sua alta, em um emocionante reencontro dentro da própria unidade, registrado pela equipe médica. Ela deixou o hospital antes e aguardava a alta do marido.

“É mais uma vitória marcante de nossa cidade contra o coronavírus. Uma história emocionante e que nos motiva a seguir firmes no combate à pandemia, levando em conta sempre a vida em primeiro lugar”, enfatiza a prefeita Fátima Daudt, reforçando todas as medidas que Novo Hamburgo vem tomando no combate e na prevenção ao coronavírus. “Neste momento de pandemia mundial, nós somos brindados com uma história como esta. Após a alta da dona Leni, seu marido pode retornar para o conforto do seu lar, junto de sua esposa e família”, acrescentou o secretário municipal de Saúde, Naasom Luciano.

O presidente da Fundação de Saúde de Novo Hamburgo, Ráfaga Fontoura, comemorou mais uma alta de Covid na UTI do Hospital Municipal. Seu Alvari é a quarta pessoa a deixar o setor. Antes, houve a dona Leni, dia 18 de maio; um bebê no dia 9 de abril; e dona Maria Ramos, 59, no dia 28 de abril. Atualmente, o hospital conta com 14 pacientes internados por Covid, agora apenas um na UTI. “Os demais pacientes são de internação clínica, com boa evolução”, completa.