Bombeiros combatem incêndio às margens da Avenida dos Municípios e Semam acompanha ação

Bombeiros combatem incêndio às margens da Avenida dos Municípios e Semam acompanha ação

Publicado em 09/05/2020 - Editado em 12/05/2020
Major Sório aponta para mais um foto de incêndio às margens da Avenida dos Municípios
Crédito
Divulgação

Os Bombeiros de Novo Hamburgo combateram, na tarde deste sábado, dia 9, mais um foco de incêndio às margens da Avenida dos Municípios, junto ao arroio Pampa. A ação foi acompanhada por uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

No local, de vegetação “seca” por causa da estiagem e que serve de ponto de descarte irregular de resíduos, o fogo gerou bastante fumaça e dificuldade de ser apagado. “Neste caso, os resíduos sólidos estão fazendo fumaça por cima e queimando por baixo. Então, há a necessidade de se apagar por cima e virá-los com uma pá, por exemplo, para se apagar esta parte que está para baixo. Isto é bastante trabalhoso”, explica o Major Alexandre Sório, dos Bombeiros.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Udo Sarlet, faz um apelo. “Peço a população que se conscientize e não coloque fogo na vegetação que está muito seca ou em resíduos descartados irregularmente. Isto gera um risco ambiental enorme, prejuízo à saúde por causa da fumaça e um transtorno enorme para ser apagado. E quem ver alguém colocando fogo, denuncie.”

O Major Sório complementa o apelo do secretário com uma estatística. “O Corpo de Bombeiros não consegue atuar em todas as ocorrências ao mesmo tempo. E, neste ano, nós tivemos um aumento de cerca de 200 por cento comparado ao ano passado no número de incêndio em vegetações.”

A população pode denunciar os focos de incêndios aos Bombeiros pelo número de telefone 193. Em caso de flagrante, por meio do telefone da fiscalização ambiental no número 3097-1990, e no plantão pelo celular 99645-7266, que funciona às sextas-feiras, das 19h às 23h, sábados e domingos das 12h às 23h e feriados das 12h às 21h. Ou para a Guarda Municipal no número 153. Um protocolo de denúncia também pode ser realizado pelo telefone 3097-9400.

Galeria da notícia