Confira os horários do CadÚnico neste início de ano

Confira os horários do CadÚnico neste início de ano

Linha de apoio
Além dos atendimentos na Casa da Cidadania, agenda pré-agendada e itinerante está reservada à URAS Lomba Grande na quarta-feira, dia 15
Publicado em 14/01/2020 - Editado em 15/01/2020
Crédito
Arte/PMNH

O trabalho do Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal não entra em recesso neste início de ano. Nos meses de janeiro e fevereiro, o CadÚnico atende de terça a quinta-feira das 8h30 às 14h30. Já às segundas-feiras está à disposição do público do meio-dia até as 17 horas e, às sextas-feiras, das 8h30 ao meio-dia.

O Cadastro Único está localizado no 3º andar da Casa da Cidadania (Rua David Canabarro, 20, Centro). Lembrando que a distribuição de fichas pode ser encerrada antes do horário, conforme o fluxo de atendimento do dia.

A próxima ação itinerante do serviço em Novo Hamburgo será na Unidade de Referência de Assistência Social (URAS) Lomba Grande (Rua João Aloysio Algayer, 690) no dia 15, quarta-feira, entre as 9h30 e as 14h30, que já está pré-agendada.

Quais são os documentos necessários para fazer o Cadastro Único:

- Obrigatoriamente, CPF ou título de eleitor do responsável familiar

- Pelo menos um documento a seguir de cada integrante da família: RG, CPF, Carteira de Trabalho, título de eleitor, certidão de nascimento ou de casamento

- Comprovante de residência e atestado de frequência escolar das crianças (opcional)

Saiba mais

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é um instrumento que identifica e caracteriza os núcleos familiares de baixa renda. As informações fornecidas pelo responsável familiar dizem respeito a características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

O governo Federal, por meio de um sistema informatizado, consolida os dados coletados no CadÚnico. A partir daí, o poder público pode formular e implementar políticas específicas, que contribuem para a redução das vulnerabilidades sociais a que essas famílias costumam estar expostas.