Fátima Daudt recebe convite para lançamento de obra que conta a trajetória de dona Maria Emília

Fátima Daudt recebe convite para lançamento de obra que conta a trajetória de dona Maria Emília

Linha de apoio
Personagem de 103 anos esteve no gabinete da prefeita na manhã desta segunda-feira, 5, em encontro marcado pela emoção
Publicado em 05/08/2019 - Editado em 07/08/2019
Prefeita Fátima e Dona Maria trocaram gentilezas, carinhos e um convite para o lançamento do livro
Crédito
Lu Freitas

O final da manhã desta segunda-feira, 5, foi de emoção e orgulho para a prefeita Fátima Daudt. Ela recebeu, em seu gabinete, uma das personagens mais queridas da cidade de Novo Hamburgo. Do alto de seus 103 anos, dona Maria Emília de Mendonça entregou pessoalmente o convite para o lançamento do livro que conta a sua trajetória de vida e é um verdadeiro exemplo de lucidez, vitalidade e alegria de viver.

Ainda este mês, será lançado Encontro das Águas – A história de Maria Emília de Mendonça. Trata-se de um depoimento ao escritor Fabricio Vijales que, durante um ano e meio, esteve com dona Maria, pelo menos uma vez a cada semana ouvindo e registrando relatos de uma vida marcada sobretudo pelo amor e pela empatia. “Eu me dei conta de que a história de minha mãe precisa ser conhecida por todo mundo. Ela é um exemplo”, afirma a filha, Marli Helena de Oliveira ao dizer como teve a ideia de propor o livro à mãe. “Ela vive de forma natural e diferente das outras pessoas, não briga, não se desarmoniza com ninguém. A humanidade precisa ver como é possível viver com tudo sem precisar magoar alguém”, completa Marli Helena.

As lições que podem ser passadas pela alegre personagem podem ser ilustradas pela história narrada por ela mesma durante a visita à prefeita. “Nunca é tarde para nada, nem para começar a ler, para mim é especial ter lido e falar do que podemos aprender com a coleção A Verdade da Vida, que em uma das passagens fala da humildade de um peregrino”, diz ela, que leu a coleção inteira de 40 livros entre os 94 e 97 anos.

Sobre Portugal

Filha de português, ao ouvir o relato da viagem de dona Maria Emília a Portugal, onde ela passou seu aniversário de 103 anos, Fátima Daudt se emocionou com a rápida identificação. A conversa seguiu com referências ao país, marcada pelo bom humor e pelas lembranças. “Estarei, com toda a certeza, no lançamento do livro, faço questão de valorizar essa história viva, especial, e me orgulho demais em receber aqui a senhora. Sua presença engrandece esse ambiente e nos alegra”, disse a prefeita, que presenteou dona Maria com um livro de fotos e história da cidade.

O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Roberto Daniel Bota, entregou rosas à prefeita e à dona Emília e fez uma homenagem a figuras que se destacam na cidade por valorizar a raça negra, fechando a lista com dona Maria Emília. Em seguida, anunciou que ela será a homenageada este ano durante a Semana da Consciência Negra, em novembro.

E mais histórias de dona Maria Emília deverão ser reveladas ou enfatizadas. O coordenador de Políticas Públicas da Igualdade Racial, Ilson Silva, falou de seu desejo de pesquisar sobre sua origem e trajetória. Acompanharam a visita também secretários municipais, diretores e outros representantes da administração municipal.