Restaura NH promove curso de comunicação não violenta

Restaura NH promove curso de comunicação não violenta

Publicado em 25/05/2020 - Editado em 27/05/2020
Crédito
Arte/PMNH

O Programa Municipal de Pacificação Restaurativa (Restaura NH) promoverá, nos dias 26/05, 27/05, 01/06 e 02/06, o 1º Curso Básico de Comunicação Não Violenta (CNV). As aulas serão ministradas através de videoconferência por Vivian Laube, especialista em CNV, professora universitária e palestrante.

O curso é voltado para facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz, profissionais em busca de qualificação e membros da comunidade. A iniciativa visa capacitar os participantes para a promoção do diálogo através de uma conexão autêntica entre as pessoas, expressando sentimentos e necessidades, num ambiente livre de críticas ou juízos de valor.

De acordo com Vivian, o dia a dia no trabalho é afetado pela falta de empatia e pela violência existentes nas relações de poder. A especialista lembra que existe violência em todo episódio em que uma pessoa faz com que outra se sinta culpada, com vergonha ou exposta. “Na comunicação, a violência está na intenção. Mesmo que uma demanda seja apresentada de forma educada, num tom de voz doce, pode haver ali uma ordem, uma exigência. Isso ocorre na medida em que não é aberto espaço para que seja analisado como isso é recebido pelo destinatário e qual poderia ser a melhor alternativa para a execução da tarefa”, explica.

Cada vez mais necessária no cotidiano das pessoas, a CNV é, também, uma ferramenta valiosa na busca pelo autoconhecimento. “Não podemos participar de uma conversa sem perceber como nos sentimos em relação ao assunto a ser debatido e qual a necessidade implícita que temos com esse tema”, ressalta Vivian.

O curso

Ao todo, 100 alunos, que previamente se inscreveram, receberão a capacitação. Em virtude das medidas adotadas pela administração municipal para combater a pandemia de Covid-19, as aulas serão ministradas por meio de videoconferência. Os sete módulos do curso terão carga horária total de 6he serão divididos entre exposição de conteúdo e práticas de dinâmicas enviadas com antecedência aos participantes.

Para o secretário de Segurança de Novo Hamburgo, Roberto Jungthon, a realização do curso no formato EAD permitirá avaliar a execução de mais atividades neste modelo. “Uma ação que poderá ser replicada, na medida em que a avaliação for considerada positiva. A redução de custos em relação aos cursos presenciais e a possibilidade de revisitar o conteúdo a qualquer momento na internet também representam um diferencial interessante”, analisa.

Veja, abaixo, o programa do curso:

Dia 26/05 – Terça-feira

Horário: 9 horas as 10 horas e 30 min

1º Momento:

Conteúdo – Origem da CNV, o que é comunicação não violenta, empatia, bloqueios da empatia.

2º Momento

Prática – Atividade 1: Ações concretas para empatia e auto empatia.
 
Dia 27/05 – Quarta-feira

Horário: 9 horas às 10 horas e 30 min

1º Momento:

Conteúdo – Passos da CNV: observação e sentimento

2º Momento:

Prática – Atividade 2: Diferenciando Fato de Julgamento; 

Atividade 3: Pensamento, Observação e Sentimentos
 
Dia 01/06 - Terça-feira

Horário: 9 horas às 10 horas e 30 min

1º Momento:

Conteúdo – Distorções cognitivas e como elas nos impedem de ter conversas assertivas

2º Momento:

Prática – Atividade 4: Distorções Cognitivas – identificar pelo menos 2 distorções mais frequentes e como elas se manifestam

Dia 02/06 – Quarta-feira

Horário: 9 horas às 10 horas e 30 min

1º Momento: 

Conteúdo - Passos da CNV: necessidade e pedido.

2º Momento:

Prática – Atividade 5: O que sinto, o que preciso; Atividade 6: 4 passos da CNV.

Restaura NH

A lei 3.133/2018 institucionalizou o Programa Municipal de Pacificação Restaurativa, tornando-o um programa permanente da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo. As ações são coordenadas pela Secretaria de Segurança, por meio da Unidade Gestora de Programas da Prevenção à Violência. Desde o início das atividades, mais de 100 pessoas foram capacitadas através de cursos de capacitação em Justiça Restaurativa.

O Núcleo de Justiça Restaurativa está sediado na Base para Ações Comunitárias Integradas (BACI), antiga Base do Pronasci, localizada na Rua Buenos Aires, 217, no bairro Santo Afonso. Mais informações podem ser obtidas no telefone (51) 3097-1221.

Vivian Laube

Vivian é formada em Relações Públicas e pós-graduada em Marketing, em Gestão de Empresas e em Comportamento Organizacional e Liderança. Possui formação em Programação Neurolinguística, Inteligência Emocional, Comunicação Empática, Comunicação Interna, Investigação Apreciativa, Dragon Dreaming, entre outros. É especialista em Comunicação Não Violenta, facilitadora de Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz e membro da Comunidade Internacional de conversas significativas Art of Hosting. Atua, também, como professora em cursos de pós-graduação na Universidade Feevale e na Faculdade IENH. É diretora da LF Comunicação Integrada, empresa com 29 anos de atuação no mercado.