Ações preventivas contra o mosquito da dengue são realizadas em cemitérios, floriculturas e em um depósito de veículos

Ações preventivas contra o mosquito da dengue são realizadas em cemitérios, floriculturas e em um depósito de veículos

Publicado em 20/05/2020 - Editado em 08/06/2020
Cemitério foi um dos pontos vistoriados pela equipe
Crédito
Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Novo Hamburgo, por meio da Gerência de Vigilância em Saúde, através do projeto de Prevenção e Combate à Dengue, realizado em parceria com a Universidade Feevale, executou na última semana, ações de combate a proliferação do mosquito Aedes aegypti, agente responsável pela transmissão da dengue.

No início da semana, os agentes estiveram nos bairros Liberdade e Operário realizando atividades preventivas. Em ambos os bairros foram encontrados focos do mosquito.

Já na quinta-feira, 14, as equipes realizaram visitas em cemitérios, floriculturas e ao depósito do Detran, a fim de conter possíveis focos do mosquito. Conhecidos como Pontos Estratégicos (PEs), esses locais possuem uma maior possibilidade de acumular água em vasos de plantas, bromélias e em carcaças de carros, por exemplo, e consequentemente, servir de depósito para larvas de mosquitos. Na ocasião, poucos focos foram encontrados e tratados quimicamente para evitar que as larvas concluam seu desenvolvimento.

“A visita periódica a esses locais faz-se necessária como medida auxiliar para inibir a reprodução desses mosquitos. Como choveu na semana passada, no período pós-chuva, é muito importante dar atenção aos pátios das nossas residências. Qualquer acúmulo de água pode servir de local para deposição dos ovos do Aedes aegypti. Aconselhamos que, se você estiver com tempo livre na quarentena, aproveite para fazer uma revisão dos “pontos estratégicos” da sua casa”, explicou a coordenadora do Departamento de Vigilância Ambiental em Saúde, Leticia Batista Dutra.

Agora, as equipes realizarão pesquisas vetoriais nos bairros do município, duas vezes por semana, em quarteirões que serão sorteados, para acompanhar os índices de infestação predial de Aedes aegypti.

Medidas de prevenção

Lembrando que a aplicação de inseticidas elimina apenas os mosquitos adultos. Por isso, o borrifamento dos químicos só é eficaz no caso de surtos ou epidemias. Para matar os mosquitos é preciso acabar com os ovos e as larvas. Caso contrário, nascerão outros mosquitos.

A população pode aproveitar o período de distanciamento social e eliminar locais com água acumulada. São medidas bem simples, mas que ajudam a prevenir várias doenças:

- Tampe os tonéis e caixa d’água

- Mantenha as calhas sempre limpas

- Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo

- Mantenha lixeiras bem tampadas

- Deixe ralos limpos e com aplicação de tela

- Elimine ou preencha pratos de vasos de plantas com areia

- Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais

- Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa

- Semanalmente renove a água das bromélias com jato da mangueira ou com balde de água bem cheio

Galeria da notícia